Facebook     YouTube
MENU

IDIOMA
             





A gloriosa ESTuna, Tuna de Engenharia da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal, foi fundada numa solarenga tarde primaveril (apesar de ainda ser inverno), mais precisamente no dia 14 de Março de 1996, por um grupo de iluminados pertencentes na altura a uma tuna mista, e, que entenderam que o seu desígnio era tocar para as moçoilas e não com elas, (como as Ginjinhas).

Estreou-se no dia 1 de Maio do mesmo ano, (dia do trabalhador, não se está mesmo a ver!) em Viana do Castelo com apenas 10 elementos, 15 dias de ensaios, um repertório reduzido e um grande descaramento.

De características camaleonicas, têm tocado um pouco de tudo, (desde o fado castiço até ao Hip-Hop Alentejano), em toda a parte e para toda a gente, (surdos inclusivé).

Além das actuações já realizadas, revelam grande polivalência tendo já marcado presença em festivais e encontros de Tunas, inaugurações, bodas, bailes de finalistas, centenários, congressos, feiras, festas, aniversários, semanas académicas e quaisquer outras ocasiões alcoólicamente marcantes. Gabam-se no entanto estes moços, mais das amizades que vão deixando do que dos prémios que vão trazendo.

Estes tunos são dotados de uma propensão etílico-vinicola e vão conseguindo a custo (€), realizar experimentações na análise da resistência dos próprios fígados e vão sobrevivendo com a graça do Senhor e por vezes, quando com sorte, no leito de algumas donzelas.

A b e n ç o a d o s   s e j a m   .  .  .